Socorro!! Meu filhote está me mordendo!!

É esta a frase que vejo quase todos os dias no Yahoo! Respostas, donos desesperados porque seus filhotes de 2 ou 3 meses não param de morder e perguntando como fazer para eles pararem.

Primeiro de tudo, filhotes mordem, é assim que eles exploram o mundo e não há nada de errado com isso. Se você observar uma ninhada verá que os filhotes só fazem 4 coisas da vida: Eles dormem, fazem suas necessidades, mamam e mordem. Até as brincadeiras envolvem morder.
E digo mais, além desse comportamento ser normal ele é necessário. É assim que eles aprendem quando e com que força morder, e mais tarde na adolescência e vida adulta a chance de morderem outro cão ou pessoa pra valer será mínima.

Imagine a cena: A mãe está deitada amamentando, o filhotinho ao mamar morde a mama um pouco forte demais, a mãe se levanta e sai andando. Neste momento o filhote aprendeu que se morder ficará com fome e da proxima vez terá mais cuidado.

Ou ainda: Dois filhotes brincando, um deles dá uma mordida forte na orelha do outro. O que levou a mordida solta um ganido, o que mordeu se assusta e a brincadeira acaba. O filhote acabou de aprender que se morder forte demais machuca o irmãozinho e a brincadeira acaba.

O que fazer

Há duas técnicas que funcionam muito bem nestes casos, o melhor mesmo é levar o filhote para brincar com outros filhotes ou até cães adultos (cães adultos são muito tolerantes com filhotinhos). Se seu peludinho ainda não tomou todas as vacinas procure cães conhecidos que você sabe que estão saudáveis.

Técnica do ganido: Quando estiver brincando com o filhote, toda vez que ele morder forte demais, faça um som alto e agudo, imitando um ganido mesmo, cruze os braços e vire de costas para ele, se possivel saia andando calmamente e ignore até ele parar. Assim ele aprenderá que toda vez que morder forte a brincadeira acaba. 
Mas tem que ignorar MESMO!! Ele provavelmente vai ficar olhando com aquela cara de “o que está acontecendo” por um tempo, pode tentar cutucar você com a pata ou focinho. Seja forte, assim que ele desistir elogie e volte a brincar.

Técnica do petisco: Pegue petiscos ou um punhado de ração, ofereça para o cão, se ele encostar os dentes na sua mão, retire a mão e coloque atrás das costas, se ele lamber a mão elogie e dê o petisco.

Apesar de serem mais efetivas quando feitas com filhotes as duas técnicas funcionam com cães mais velhos também, tenho certeza que em pouco tempo seu peludo aprenderá a hora e a força certa de morder.